Festival Interdisciplinar de Comunicação. Realizaçãodo 5º semestre de Publicidade e Propaganda do IBES/SOCIESC.
01 de Abril de 2010

 

 

 

 

LOGO ICOM 2010

Esta é a logo do Festival ICOM de 2010. Mantiveram a forma e quebraram no meio como um quebra-cabeça. Sem pergunta, não há resposta e sem "quebrar a cabeça" não encontramos nem as perguntas, nem as respostas certas.
29 de Março de 2010

... NÃO HÁ RESPOSTA.

 

Descoberto o novo tema para o Festival ICOM 2010. "SEM PERGUNTA NÃO HÁ RESPOSTA".

 

Ainda não sei o que este tema nos promete, mas comentando um pouco sobre a minha percepção, é um tema abrangente e que recai há inúmeras possibilidades.

 

Uma forma de pensamento sobre este tema, no que diz respeito, primeiramente, a nós publicitários (futuros), é que precisamos sempre perguntar para obtermos respostas. Tá, agora vocês me dizem: "Dããã, que óbvio Adri". Sim, é óbvio, mas a pergunta certa é óbvia? Todos sabem o que perguntar? Para elaborar uma campanha, o primeiro passo é a realização de um Briefing. Neste Briefing é preciso haver as perguntas corretas para as respostas que darão luz à nossa campanha.  É através das perguntas certas que saberemos o PROBLEMA que o cliente tem, para a partir daí gerar uma campanha de sucesso.

 

Uma campanha que acho genial e que rola na mídia desde o ano passado é a campanha "Redondo é Rir da Vida" da Skol.

Onde se encaixa o Tema do ICOM 2010? Se encaixa na pergunta! Sem perguntas a F/Nazca saberia que o público consumidor de cerveja já estava esgotado de tanta mulher semi-nua? Saberia que beber com os amigos não significa sair só para pegar mulher? E saberia que mulher também bebe cerveja? Saberia ainda que as pessoas gostam de dar boas risadas e não de ver o apelo erótico o tempo inteiro?

Simples. Sem pergunta não há resposta!

 

Essa é a ideia (na minha cabeça haha)

 

ICOM 2010

27 de Maio de 2009

Quando fazemos um anúncio usando pessoas, a roupa é fundamental para que a mensagem seja transmitida com sucesso, e para isso, a publicidade conta com o apoio do figurinista.

 

A função desse profissional é traduzir visualmente a simples mensagem: “veja como eu tenho muita coisa em comum com você” ou melhor ainda: “veja como eu sou tudo aquilo que você quer ser”.

 

Quando um consumidor encontra um anúncio publicitário com algo similar ao que ele manifesta, a tendência é que o consumidor se aproxime e adquira o produto para “completar o quadro”. É uma tendência que as pessoas têm de seguir uma referência iguais a si mesmo (FIGUEIREDO, 2005, pg. 59).

 

O figurinista de publicidade precisa saber quais são os objetivos de marketing da empresa, estudar profundamente o público-alvo, analisar o posicionamento da marca e as estratégias criativas que direcionaram todo o trabalho.

 

Algo importante a ser comentado, é o ponto mais envolvente do figurino numa campanha publicitária: estereótipo. Se vocês analisarem, é bem nisso que estamos trabalhando para divulgar o 2º Festival ICOM.

 

A primeira mala direta que vocês provavelmente já receberam, carrega o estereótipo chinês (é ele que representa o “pensar globalmente” do nosso evento).

O uso de estereótipos é para a compreensão da mensagem pelo maior número de pessoas possível.

 

“Em publicidade, a moda não dita o figurino - ela é um instrumento de adequação à realidade do momento”.

 

Obs.: As campanhas da griffe Benetton de 1982 a 2000 foram fotografadas pelo fotógrafo italiano Oliviero Toscani, que ficou famoso por suas campanhas polêmicas abordando a questão do racismo (além de doentes terminais que eram portadores do vírus HIV).

 

 

Fontes: Blog IFD. Disponível em: http://www.ifd.com.br/blog/2006/11/29/propaganda-e-moda/

FIGUEIREDO, Celso. Redação Publicitária: Sedução Pela Palavra. São Paulo:Thomson, 2005.

23 de Maio de 2009

Uhum, você está no blog certo. Sim, sim… É o blog do Festival ICOM. Anh? Rinha?? Ahhhh… claro!

 

Como todo bom futuro publicitário, estamos todos antenados aos acontecimentos da área por aqui. E lógico, também somos participantes.

 

Como já deu para perceber, esse post é especial Rock in Rinha, que aconteceu hoje, dia 23 de maio. Este sábado foi inesquecível e teremos muitas histórias para contar aos netos.

 

Esta foi a 7ª edição da Rinha e é uma gincana realizada pelos alunos do 8° semestre de Publicidade e Propanda da FURB.

 

O tema deste ano foi “Rock in Rinha, fazendo uma homenagem à música em seu sentido mais amplo, que vai do velho rock ao atual sertanejo.

 

O objetivo da Rinha, assim como do ICOM, é promover a integração de acadêmicos, professores e profissionais de todo o Estado. A diferença é que a Rinha reune representantes de várias universidades, através de provas divertidíssimas, enquanto o ICOM reune acadêmicos de Comunicação Social através de palestras e workshops interessantíssimos.

 

Não somente o pessoal do 5º semestre de PP do IBES/SOCIESC, como também os acadêmicos de outros semestres da instituição marcaram presença na Rock in Rinha.

Os alunos Adriana Schmitt, Rafael Feliciano, Ariele dos Santos Mariano, Robson Teixeira e a professora Gisele B. Rosumek participaram como ABBA; e os alunos Maicom Bombardelli, Christiane Beduschi e o professor Gabriel Z. Müller participaram como RAMONES.

 

ABBA NO ROCK IN RINHA

 

RAMONES NO ROCK IN RINHA

 

MOMENTO MERCHAN DE ABBA E COM CAMISA DO ICOM

 

Estamos muito agradecidos à galera do Rock in Rinha pela oportunidade de divulgarmos nosso ICOM e convidar todos a participar.

18 de Maio de 2009

O dia 25/06/2009 será marcado por workshops das áreas de Jornalismo e de Publicidade e Propaganda, no IBES/SOCIESC.

 

A diferença entre workshop (ou oficina) e palestra é que o workshop, normalmente, é como um bate-papo com os profissionais da área e as vagas são limitadas. É uma forma mais interativa de receber conhecimento.

 

Na área de Publicidade e Propaganda teremos 08 workshops bem legais (você vai até ficar com raiva por não conseguir ir em todos hehehe).


Os oficineiros conversarão com o público sobre impressão offset, mercado de trabalho, moda em publicidade, fotografia, design gráfico e vídeo.

 

Quanto à área de Jornalismo, também teremos 08 workshops interessantíssimos e os oficineiros conversarão com os participantes sobre tv, rádio, jornal, internet, revista, assessoria de imprensa, clipagem e reportagem cinematográfica.

 

Vocês não poderão perder. É uma grande oportunidade para vocês conhecerem um pouco mais da área. Para os indecisos, é um passo para a escolha, de, quem sabe, uma carreira promissora.

 

Sejam todos bem vindos!

15 de Maio de 2009

Buscando dar uma ajuda aos interessados na área e clarear a mente dos acadêmicos, o poste de hoje é sobre o que um publicitário faz.

 

Então… O que o publicitário faz?

 

 

Para começar, quero dizer (na verdade escrever) que o Publicitário, antes de qualquer coisa, é um pesquisador. O primeiro passo é o planejamento junto ao cliente (briefing) com pesquisas de opinião, definição de público-alvo (faixa etária, classe social, hábitos de consumo e costumes culturais) e definição dos veículos que serão utilizados para divulgação. Depois dessa etapa é que o publicitário parte para a produção (textos, filmes, comerciais, anúncios, outdoors, etc.) e com tudo concluído, escolhe os veículos de comunicação adequados (com base nas pesquisas iniciais) para veiculação das peças publicitárias, para atingir os consumidores específicos. Reforçando o fato de o Publicitário ser um pesquisador, ainda durante a campanha ele pesquisa o nível de compreensão da mensagem pelo público, aceitação ou rejeição.

 

Saibam que o trabalho criativo das propagandas divulgadas nos meios de comunicação não é a única atividade do profissional de publicidade e propaganda. Isso é apenas o resultado final de um amplo trabalho que não envolve só criação.

 

Para que o publicitário alcance o sucesso do seu trabalho (a venda do produto/serviço do cliente), ele tem fases a seguir.

 

O mercado publicitário é promissor. Este profissional pode trabalhar tanto para agências, quanto para empregadores fixos e no geral. As ofertas de empregos em agências são mais limitadas (conseqüentemente mais concorridas). Com a evolução da Internet, a publicidade on line está se estruturando, construindo um estilo próprio (linguagem e recursos diferentes dos tradicionais).

 

O que você precisa para ser um publicitários? Criatividade, Capacidade de convencimento, capacidade de pensar e agir sobre pressão, dinamismo, espírito competitivo, habilidade para trabalhar em equipe e ousadia são algumas delas.

 

Agora que vocês já sabem o que faz um publicitário e o que precisa ter… Let’s gooooo…

Não esqueçam dos comentários (a Adry agradece!).

 

 

Fontes: GAMEIRO, Christiane de Magalhães. O que faz o publicitário? Disponível em: http://www.geocities.com/Paris/Cabaret/8992/oquefaz.htm.

 

VESTFERAS. Mercado de Trabalho para os Publicitários. Disponível em: http://www.mundovestibular.com.br/articles/4249/1/MERCADO-DE-TRABALHO-PARA-OS-PUBLICITARIOS/Paacutegina1.html. 

 

GALO. A fantástica fábrica da publicidade. Disponível em: http://casadogalo.com/a-fantastica-fabrica-da-publicidade/.

 

 

11 de Março de 2009

Nesta última sexta-feira, dia 06/03/2009, a turma do 5º semestre de Jornalismo teve o prazer de receber a primeira visita do professor Samir na companhia das equipes de Organização Geral (Renata e Robson), de Divulgação (Ana Cleide e Jerusa) e de Palestrantes (Alessandra) da turma do 5º semestre de Publicidade e Propaganda.

 

Como diz um velho (beeem velho) ditado: A UNIÃO FAZ A FORÇA!

 

 

Nosso festival vai ser um dos melhores (e você vai se arrepender se não participar).

 

Foi apresentado o projeto pra essa galera e percebemos que ficaram satisfeitos com o resultado (tudo pronto em tão pouco tempo). Muitos dos futuros jornalistas contribuíram para a escolha do novo logotipo do ICOM. Já sabiam que juntos vamos fazer do ICOM uma grande referência para os cursos de Comunicação Social. A visita rendeu muitas ideias e algumas mudanças. O pessoal de Jornalismo ainda está correndo atrás dos palestrantes e oficineiros da área deles, mas temos certeza que assim como a turma de PP, irão dar um show de talento.

04 de Março de 2009

Este ano, não diferente do ano passado, o pessoal de Publicidade e Propaganda buscou por excelentes profissionais da Comunicação Social que irão marcar presença no Festival ICOM 2009.

Teremos o privilégio de receber muitas dicas interessantes de um grande de obras muito utilizadas por nós, acadêmicos de Publicidade; ex-redator da JW Thompson; que tem de bagagem mais de 550 seminários realizados; já visitou mais de 80 países; e serve como referência para todos nós como pessoa e como profissional.

Este famoso Publicitário nos trará muitas surpresas.

Foi difícil, mas conseguimos trazer ele para palestrar no IBES/SOCIESC.

ELE QUEM?

 

23 de Fevereiro de 2009

... que apareceu nos quadros de algumas salas de Publicidade e Propaganda e de Jornalismo na sexta-feira em contorno vermelho?

 

SIIIIIM! A logo do ICOM.

 

Somente a logo inicial, mas estamos trabalhando o tema "PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE" para sair algo bem legal. Preparem-se para o surpreendente. Sexta-feira chegamos mais cedo no IBES/SOCIESC e colocamos “a mão na massa”. Improvisamos o contorno da logo nas salas 313, 316, 405, 401, 409 e 413.

 

Vamos fazer você comer pensando no ICOM, conversar sobre o ICOM, citar o ICOM e ainda, dormir e sonhar com o ICOM.

 

 

Queremos despertar sua curiosidade. MARCAR a MARCA ICOM na memória de vocês. Mais ou menos assim: pense ICOM, pense ICOM, pense ICOM...

 

Um ótimo dia a todos. Fiquem ligadooooos.

18 de Fevereiro de 2009

Primeira semana de aula agitadíssima na turma de Publicidade e Propaganda do 5º semestre. Para embalar o resto da semana, já na segunda-feira, dia 09 de fevereiro, fomos apresentados ao Festival ICOM. Até que achamos ele bem simpático, inteligente, expressivo.

Sim. Gostamos dele!

 

Estamos todos a mil, em busca de palestrantes e oficineiros, para deixar o ICOM com a nossa cara.

 

Uma semana e meia depois da apresentação, já temos grandes surpresas e preparem seus corações, porque muita gente boa está sendo contatada (e o mais legal: GRANDES PROFISSIONAIS JÁ CONFIRMARAM). Surprise, surprise.

 

Nossos cérebros estão borbulhando de ideias (mas "ideias" sem acento, conforme determina a nova reforma ortográfica).

 

A mais complexa organização de matéria que se conhece: o cérebro humano (EM JUNHO VOCÊ ENTENDERÁ).

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Esperemos agora pelo proximo, Clara
Adoramos encontrar essa reportagem no blog!!!foi m...
blogs SAPO