Festival Interdisciplinar de Comunicação. Realizaçãodo 5º semestre de Publicidade e Propaganda do IBES/SOCIESC.
21 de Abril de 2009

Cada vez mais a Índia é destaque no mundo por sua cultura diferenciada. Quem assiste ou já assistiu alguma vez à novela transmitida na Rede Globo: “Caminho das Índias”, sabe mais ou menos do que estou falando.

 

Através de uma pesquisa, constatamos que o modelo clássico de shopping e hipermercado jamais foi visto como uma alternativa de consumo para os indianos mais pobres, porque acreditam que o visual das lojas modernas trazem produtos muito mais caros no seu interior, então acabam preferindo fazer suas compras em bazares e nas tradicionais biroscas de bairro (kitandas). Pensamos então que é extremamente difícil uma rede de hipermercado sobreviver naquele país.

 

Que nada. Com uma receita inovadora, que adaptou as características dos hipermercados ocidentais ao gosto local, o Big Bazaar hoje é o maior fenômeno de varejo do país, tendo se baseado na maior rede de varejo do mundo: Wal-Mart.

 

Onde se encaixa o nosso tema “PENSAR GLOBALMENTE, AGIR LOCALMENTE”?

 

Os tradicionais hipermercados do mundo são com corredores e produtos organizados nas gôndolas, tudo padrão. Os indianos têm uma maneira diferente de fazer compras há milhares de anos, onde inclusive parece que o comércio parou no tempo. Mas alguém resolveu arriscar e colocar uma rede de varejo como o Wal-Mart na Índia, porém nada de corredores, nem produtos em gôndolas, porque o costume indiano é comprar no meio da confusão, com a família completa ao redor aglomerações de produtos.

 

Resolvido o problema. Fizeram uma “confusão” proposital no hipermercado da Índia.
O “agir localmente” deu muito certo por lá. Dentro das mais de 100 lojas do Big Bazaar há multidões de indianos com carrinhos de compras passando pelos amontoados de produtos, no meio dos vendedores com sinos nas mãos para chamar a atenção e gritando algumas das ofertas do dia. Músicas típicas não faltam, já que os indianos valorizam muito a dança. Na publicidade usam o apelo com o capitão da seleção indiana de críquete, Mahendra Singh Dhoni e usam o slogan em hindi: Is Se Sasta Aur Accha Kahin Nahi! Bonito isso né… Bem, isso quer dizer: “Em lugar nenhum é mais barato e melhor”. Nada muito genial, mas vende bem!

 

 

Graças a essa receita de Wal-Mart com tempero indiano, o Big Bazaar opera com 109 lojas em 71 cidades do país. Nem mesmo a atual crise econômica afetou os negócios da rede, que tem o grosso das vendas concentrado em itens básicos, como alimentos, que é a última categoria a enfrentar qualquer declínio.

 

Acreditem, até a rede de varejo francesa Carrefour ficou impressionada com o bom momento do Big Bazaar, que é relativamente recente (surgiu em 2001).

 

 

Fonte: REVISTA EXAME. Para Onde Vai o Consumo, ed. 0940. O Wal-Mart da Índia, pg. 80-82. Data: 08 abr. 2009.

Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
22
23
24
25
26
27
28
29
30
arquivos
Posts mais comentados
1 cometário
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Esperemos agora pelo proximo, Clara
Adoramos encontrar essa reportagem no blog!!!foi m...
blogs SAPO